Contacte-nos:   +351 224 953 973   +351 224 890 022   +351 929 293 816     geral@farmaciacentralriotinto.pt

Farmácia Central
Rio Tinto

A Farmácia Central de Rio Tinto assume o seu papel no que respeita à responsabilidade social e comunitária contribuindo para a recolha de medicamentos fora do prazo de validade, fora de uso ou embalagens usadas no âmbito do projeto Valormed®.

A Valormed® foi criada em 1999, sendo uma sociedade sem fins lucrativos cuja responsabilidade incide sobre a gestão dos resíduos de embalagens vazias e medicamentos fora de uso. A mesma resultou de uma colaboração entre a Indústria Farmacêutica, os Distribuidores de produtos farmacêuticos e as Farmácias devido ao conhecimento das especificidades do medicamento enquanto resíduo.

 

A criação deste sistema de gestão de resíduos de medicamentos teve como objetivo a implementação de um processo de recolha e tratamento que fosse seguro e adequado ao tipo de resíduos em questão. A intervenção da Valormed® estende-se a todo o território nacional e é aplicada em embalagens de medicamentos de uso humano, contendo ou não restos de medicamentos, resíduos de embalagens de medicamentos de uso veterinário, contendo ou não restos de medicamentos, e produtos veterinários vendidos nas farmácias comunitárias para animais domésticos. Estes resíduos são provenientes dos consumidores finais e devem ser recolhidos nas farmácias comunitárias, caso se tratem de embalagens de medicamentos de uso humano. Os resíduos de embalagens de medicamentos e produtos de uso veterinário devem recolhidos nos Centros de Receção Veterinários.

 

Desde 2016, a Valormed® está certificada pelas normas ISO:9001 e ISO:14001.

O papel desempenhado por esta empresa compreende um compromisso entre a indústria farmacêutica, os distribuidores, as farmácias comunitárias e a população.

Neste processo, a farmácia comunitária constitui o vínculo de ligação entre este projeto e a população devido à criação de pontos de recolha e aconselhamento ao público sobre a melhor atitude no que diz respeito ao encaminhamento dos resíduos de embalagens vazias e medicamentos fora de uso. Desta forma, compete a cada profissional da farmácia a sensibilização do utente sobre as boas práticas ambientais, estimulando a entrega de embalagens e medicamentos fora de uso na mesma.

A farmácia comunitária participa ativamente neste projeto, tendo à disposição um contendor de cartão destinado a esta recolha.

Os resíduos devem ser recolhidos em mão pelos colaboradores da farmácia que, seguidamente, os devem introduzir no respetivo contentor.

Após os contentores serem recolhidos pelos Distribuidores de produtos farmacêuticos, os mesmos são encaminhados para o Centro de Triagem e os resíduos são separados e classificados para, por fim, serem entregues a gestores de resíduos responsáveis pelo seu tratamento:

  • Reciclagem (papel, vidro, plástico e compósitas);
  • Incineração segura com valorização energética dos restantes resíduos.

As taxas de recolha destes resíduos têm vindo a aumentar de ano para ano devido às diversas campanhas de sensibilização destinadas ao consumidor final e desenvolvidas pela Valormed®.